UOL

terça-feira, 16 de abril de 2013

Beneficio para o meio Ambiente.

Os rios, ou cursos fluviais, sempre foram, e são até hoje, um dos mais importantes recursos para a sobrevivência da humanidade. São eles que nos fornecem grande parte da água que consumimos, que usamos para produzir nossos alimentos, de que necessitamos para nossa higiene e que utilizamos para irrigar o solo das áreas agrícolas.

Além disso, os rios também são muito importantes pelo fato de serem usados, em várias regiões, como vias naturais de circulação, ao longo das quais as embarcações se deslocam transportando mercadorias e pessoas; e, ainda, por sua utilização na produção de energia hidrelétrica, sem esquecer da importância que têm pela exploração da pesca como fonte de alimentos.



O objetivo maior da Hidrologia é, sem dúvida, compreender como o homem se apropria dos rios, dando a eles um uso económico, seja por meio da navegação ou da irrigação dos solos agrícolas, seja por meio da pesca ou da produção de energia elétrica.
Um rio pode se originar das mais diversas formas, porém a mais comum - aquela que caracteriza a maior parte da hidrografia planetária - é a que faz com que o rio se forme a partir de uma sucessão de fenómenos e de contínuas transformações ocorridas na natureza, que caracterizam o chamado ciclo da água.
Os rios são correntes volumosas de água que se deslocam na superfície terrestre, por meio de canais permanentes e com rumo definido, sempre das áreas mais elevadas para as menos elevadas. Seu destino final pode ser o oceano, um outro rio, ou até mesmo um lago.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

world most polluted river O rio mais poluído do mundo

O rio mais poluído do mundo é o rio Citarum, que fica próximo a Jacarta, capital da Indonésia. O Citarum é bem mais poluído do que o Tietê.
Mais de 500 fábricas, muitas delas de produtos têxteis que exigem tratamento químico específico segundo as regulamentações internacionais, não o fazem, lançando “in natura” produtos químicos altamente tóxicos no rio. Enquanto os produtos químicos tóxicos fazem seu passeio rio abaixo, os detritos humanos (lixo) de todos os tipos são adicionados a eles. Nas cidades que margeiam o rio, não há absolutamente nenhum tratamento de esgoto ou coleta de lixo. O rio resolve. Vai tudo lá pra dentro.
plasticrubbish3R 468x319 O rio mais poluído do mundo
Agora vem o mais bizarro. Ao longo do rio famílias inteiras de plantadores de arroz retiram água desse rio imundo para irrigar suas plantações, além de beber, tomar banho e cozinhar com esta água.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Química Ambiental

Rio Poluído
Os rios são muito importantes, pois geram água útil ao nosso consumo: para beber, preparar alimentos, cuidar da higiene pessoal, etc. A água potável proveniente de rios vem sendo ameaçada pela poluição, saiba agora como e por que isso vem ocorrendo:

- Os esgotos domésticos e industriais chegam aos rios sem tratamento algum, a ausência de um tratamento prévio e o despejo indevido só piora o quadro;

- Os materiais orgânicos sintéticos, como plásticos, detergentes, solventes, tintas e inseticidas, são lançados diariamente nos rios;

- Os fertilizantes agrícolas utilizados por agricultores nas plantações são arrastados pelas águas das chuvas para dentro dos rios, o que ocasiona a poluição por agrotóxicos;

- O lançamento de compostos inorgânicos, como os metais pesados (Cu, Zn, Pb, Cd, Hg etc.), em rios é um problema sério, como exemplo temos a poluição por mercúrio, provocada por garimpeiros que buscam ouro.

Você tem conhecimento da água que está consumindo? A água potável, ou seja, própria para o consumo, tem que atender a determinados requisitos e dentre eles podemos citar: Não pode possuir cheiro algum (inodora), nem sabor (insípida) e nem cor (incolor).

A poluição causa alterações físicas na água, que podem ser notadas no cheiro, na cor e no sabor da água; por essas razões é indispensável que a água de rios passe por um tratamento prévio para posterior consumo. Veja os riscos para a saúde que o consumo de água poluída pode trazer:

A água poluída pode conter organismos patogênicos como as bactérias que ocasionam infecções intestinais, epidérmicas e endêmicas, além dos riscos de febre tifóide, cólera, leptospirose.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Como é possível recuperar um rio poluído?

Bastam três ações: coletar, afastar e tratar os esgotos antes de lançá-los no rio. A receita é simples, mas a maioria dos países não consegue aplicá-la. Um relatório da Comissão Mundial de Águas, entidade internacional ligada à ONU, aponta que entre os 500 maiores rios do mundo, mais da metade enfrenta sérios problemas de poluição. No Brasil, o triste exemplo é o Tietê, seguramente um dos rios mais poluídos do planeta. Quando passa pela região metropolitana de São Paulo, ele recebe quase 400 toneladas de esgoto por dia e é considerado morto: só sobrevivem no seu leito organismos que não precisam de oxigênio, como certos tipos de bactérias e fungos. A principal causa da poluição é o esgoto doméstico. "Quase 5 milhões de pessoas ainda têm seus detritos lançados diretamente no rio", afirma o engenheiro Lineu José Bassoi, da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), ligada à Secretaria do Meio Ambiente do governo de São Paulo.

Uma das soluções para controlar essa sujeira seria instalar estações de tratamento dentro do próprio rio. Outra ação essencial é aumentar a quantidade de esgoto tratado, que hoje está em 64% na região metropolitana de São Paulo - tarefas que levarão pelo menos mais 20 anos.

A recuperação depende de todos, pois se a humanidade para e pensar um pouco vai ver que destruindo a natureza vai estar destruindo a se próprio.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Dentre os bens da natureza que Deus nos ofertou , a ÁGUA, é indiscutivelmente, o mais importante deles. A água é a fonte da vida. È ela que mitiga a sede da humanidade .Umedece e irriga os campos produzindo o alimento que aplaca a fome dos povos.Gera a energia que movimenta as industrias e ilumina as nossas noites. Faz flutuar os corpos, cujas embarcações transportam nossas riquezas pelos mares, oceanos e pelos rios sinuosas da Terra. A água é um insumo de grande transversalidade, está presente em todos os programas de desenvolvimento.
O homem, ao tempo em que se beneficia da água, a linfa mais preciosa da natureza, ele a polui e a depreda com grande loucura. A poluíção grassa em quase todos os rios da Terra ,causada pelo homem civilizado e pelo homem inculto .Poluir água e desperdiça-la é uma cultura da própria humanidade .
A poluição teve seu começo nos primórdios de uma civilização ainda rudimentar. Inicialmente,com excrementos humanos, lixos e animais em decomposição. Depois, com o aumento da população, a era industrial e o advento da irrigação, o teor de poluição começou a ter crescimento causado pelos metais pesados, pelos pesticidas, agrotóxicos e esgotos sanitários.
A poluição hídrica passou a se constituir num problema cada vez mais preocupante para os destinos da humanidade No ano 2.000 tivemos no Brasil,segundo Atlas do Saneamento, IBGE, 830.000 casos de doenças por veiculação hídrica. Pelo volume e quantidade de água disponível, jamais os habitantes do Planeta sentiriam sede se não fora a poluição generalizada, a distribuição deficiente e desequilibrada e o grande desperdício existente . A nossa água é a mesma de sempre, nenhuma gota emigra para outro planeta.
Entenda o processo de poluir:As bactérias aeróbias auto-depuram a água mantendo o seu oxigênio, mas havendo excesso de poluentes surgem as bactérias anaeróbicas que fazem desaparecer o oxigênio e esta água entra em processo de putrefação transformando rios e lagos em gigantescas cloacas. Estas águas, ricas em componentes químicos provocam verdadeiras hecatombes na vida aquática dos diversos corpos líquidos. Mede-se, facilmente, a qualidade das águas de um rio pela intensidade da sua fauna potâmica.
Vejamos diversos exemplos no mundo:
O indiano considera o GANGES o seu rio sagrado, o rio da espiritualidade com seus banhos milagrosas mas os esgotos de Nova Delhi, Benares, Patna e Calcutá são lançados “in natura”, nas suas águas peregrinas. O TÌBERE , de um passado rico de histórias, abrigou nas suas águas os grandes imperadores romanos e até o Incitato, cavalo de Calígola, banhou nas suas águas remansosas. Hoje está totalmente poluído na sua travessia pelo centro de Roma, recebendo diariamente 450 toneladas de dejetos dos seus 3 milhões de habitantes. O PÓ, também na Itália, em cujo vale os pracinhas brasileiros, na ll Guerra Mundial , derrotaram os alemães no Monte Castelo, é um rio totalmente poluído , apesar das grandes áreas irrigadas nos seus polderes, próximo ao delta mediterrâneo.. O TÂMISA, o rio mais importante do Reino Unido, berço de Oxoford e Londres, rio dos grandes passeios fluviais de príncipes, reis e rainhas, tornou-se um rio fétido e morto pela incúria dos seus habitantes. O empenho do Governo britânico e da sociedade organizada, o fez ressuscitar, sendo , hoje, o rio mais límpido que deita suas águas no Mar do Norte. O RENO,que atravessa 4 paises, o rio mais navegado do mundo, tendo, a cada instante, 2000 embarcações singrando no seu dorso, , em 1986, tornou-se um rio morto e mortífero, causado pelos desastres químicos do parque industrial de Basiléia. As águas , no seu leito ,ficaram totalmente vermelhas de mercúrio,a fauna potâmica desapareceu e a fauna alada arribou-se. Em 2 anos de trabalhos técnicos e ecológicos incessantes, a vida aquática ressurgiu. O dia 15 de março tornou-se feriado numa pequena aldeia alemã quando se pescou , no rio, o primeiro salmão. O DANÚBIO, navegável da Áustria ao mar Negro, rio da nobreza européia, com seus 300 afluentes, atravessando 7 paises ao longo do seu curso, foi atingido pela poluição orgânica, agrotóxica ,industrial e de esgotos, por diversas vezes. Abriga um riquíssimo acervo histórico nas suas veias, sobretudo em Viena, com o gênio de Strauss e outros luminares da música clássica .Enriquece mais ainda, o seu Vale, as lutas napoleônicas que aí se desenrolaram. Hoje ,despoluído, chega ao mar Negro formando um belíssimo delta .Além de um bonito labirinto de canais , há uma grande variedade de pássaros aquáticos e um refúgio de vida selvagem, em áreas pantanosas, que embelezam toda a ambiência, já em terras da Iugoslávia. O SENA, carrega toda a história da França com París ,sua cidade Luz. Rico de passado, este rio recebeu as cinzas de Joana D’Arc e assistiu a barbárie da noite de São Bartolomeu. Viu, no Século Xll, o drama de Abelardo e Heloisa e as janelas de Gustave Flaubert se abriam para os seus meandros. Rio de um belo passado histórico, sofreu forte poluição de agrotóxicos desde suas nascentes em Borbonha, berço do vinho, até seu estuário no Mar da Mancha. O rio HUDSON, 650 Km de extensão, o mais belo dos EE.UU, está literalmente poluído com curtumes e usinas nucleares. Este é o rio que banha a estátua da Liberdade em New York e no seu vale situa-se a Academia Militar de West-Point onde estudaram Dwight Eisenhower .e Douglas Mac Arthur. O TIETÊ , via de acesso á penetração dos bandeirantes pelo interior do País, nasce bem próximo ao litoral e se adentra pelos sertões sulistas. Capta ,ainda, boa parte dos dejetos de São Paulo e continua poluído. O Governo já gastou mais de 2 bilhões de dólares,mas o problema continua. A capacidade que tem a população de poluir o rio é maior que tem o Governo de despolui-lo. O MADEIRA, grande afluente direito do Amazonas , que banha a cidade de Porto Velho, está poluído pelo mercúrio no amálgama para a extração do ouro.TOCANTINS, dos seus 407 municipios da bacia ,somente 27 (6,6%) têm esgotos tratados. No PARNAÍBA apenas 2,2%.(IBGE). Triste retrato. BEBERIBE E CAPIBERIBE são eternamente poluídos pelo vinhoto dos canaviais pernambucanos. O ITAPICURU na Bahia , esta´contaminado pela cromita que desce, via Jacurici, das fraldas da Chapada Diamantina. O SUBAÉ, no Recôncavo Baiano,está contaminado pelo chumbo O TUBARÃO da cor de café é o resultado das minas de carvão de Santa Catarina A BAIA DA GUANABARA, recebe as águas de 35 rios das encostas circundantes. Belos no passado, hoje todos poluídos. O S. FRANCISCO, O VELHO CHICO, o rio da Unidade Nacional,a grande jugular do Nordeste, está cansado dos seus afluentes poluídos. O RIO DAS VELHAS, maior afluente direito e que transportou Pedro I I nas suas águas, recebe, diariamente, 470 toneladas de dejetos da Grande Belo Horizonte. O PARACATU, seu maior afluente pela esquerda, recebe os metais pesados cádmio, cromo,mercúrio arcênio, selênio chumbo,etc, efluentes minerais. do Quadrilátero Ferrífero Mineiro.O DISTRITO FEDERAL ,com área de 5.800 Km2 possue 49 rios com 3 bacias principais, Maranhão, Rio Preto e S. Bartolomeu , mas a RIDE (Região Integrada do Desenvolvimento do Entorno do D F ), a Grande Brasília, com área de 52.000Km2 , rica em cursos de água, possue cerca de 550 rios, e uma população de 3,1 milhões de almas.A poluição cresce na razão geométrica da população. Os problemas daqui serão graves, se não houver uma forte política conservacionista.
A educação ambiental resgata a cidadania de um povo ao ter consciência da importância da preservação do meio, influindo diretamente na sua qualidade de vida.
Somando todas as providências do Governo brasileiro ,relativas á despoluição dos nossos rios, os fracassos são bem maiores que os êxitos. O progresso evolutivo industrial e o aumento descontrolado da população estão levando os rios brasileiros a um deplorável estado de saúde, pois , diariamente, centenas de toneladas de substâncias tóxicas e nocivas são despejadas , sem nenhum tratamento ,nos nossos mananciais hídricos O homem se tornou algoz do seu próprio rio, o rio que o beneficia
As transgressões contra os rios resultam, sempre, em pesadas penalidades contra o HOMEM.

Os rios mais poluídos do mundo

A Mãe Natureza concedeu ao homem criações magníficas como por exemplo as montanhas, os raios do sol ,os rios, imensas árvores em fim, Deus criou um perfeito equilíbrio harmônico entre as plantas, animais, o homem e seu ambiente, mas a busca do homem para melhorar as suas necessidades e preferências tem quebrado todas as leis.

Dentre muitas façanhas que o homem vem fazendo com a natureza está a sujeira que o ser produz e joga onde bem entender não preservando o seu habitat, abaixo temos uma seleção de alguns rios que o homem destruiu pela sua ignorância ou também por ter uma cultura nada amigável com o seu semelhante e com o meio ambiente como se pode observar.

Rio Citarum , Indonésia

Rio Yamuna , Índia

O Rio Yamuna o maior afluente do Rio Ganges, é um dos rios mais poluídos do mundo, onde 58% dos resíduos da capital indiana Nova Deli é despejado .

Rio Buganga, Bangladesh


Rio amarelo Lanzhou, China

O Rio Amarelo é o segundo mais longo rio da China e é a principal fonte de água para milhões de pessoas no norte da China,ele é altamente poluído devido ao derrame de petróleo.

Rio Marilao, Filipinas

Plásticos,chinelos, carcaças de cachorros é umas das coisas que você pode encontrar nesse rio, apesar do governo fazer várias campanhas no local as famílias ainda continuam jogando lixo sem se incomodar com tal sujeira.

Rio Ganges, Índia

Ganges é o rio mais sagrado para os hindus que emerge da geleira Gangotri. Estima-se que 2.000.000 pessoas ritualmente banham-e diariamente no rio, apesar de não ser seguro por ter muito resíduo químico, esgoto e cadáveres que são jogados no rio as pessoas não se incomodam em se banhar.

Rio Songhua, China


Totalmente contaminado por Benzeno tendo como consequência vários peixes mortos